Menu

Anunciante: Aumente sua Lucratividade no Marketing de CPA!

Por que se Especializar em um Nicho em Marketing de CPA?
outubro 27, 2017
Show all

Anunciante: Aumente sua Lucratividade no Marketing de CPA!

Com o grande crescimento que o marketing de CPA está tendo no Brasil nos últimos 3 ou 4 anos também estamos tendo uma grande quantidade de pessoas que buscam crescer neste mercado indo além do trabalho como afiliado, ou seja desejam se tornar anunciantes que disponibilizam ofertas em networks como a C2 CPA Network, isso é excelente, mas apenas se feito da forma correta, caso contrário pode não ser uma boa ideia.

Neste artigo vou mostrar diversos pontos que o novo anunciante deve estar atento quando for iniciar sua oferta em uma Network, para que desta forma tenha os melhores resultados possíveis com sua oferta. Note que não estou querendo desanimar o novo anunciante, mas sim mostrar qual o melhor caminho a seguir para ter bons resultados com sua oferta.

O artigo será dividido em partes bastante distintas, mas que formam um conjunto que trará uma alta taxa de conversão e rentabilidade para sua oferta quando utilizado da forma correta. Também estarei mostrando alguns pontos que geralmente são motivo para que alguns anunciantes desanimem de suas ofertas antes da hora, afinal se ainda não testou todas as possibilidades não é possível dizer que a oferta não funcionou, apenas poderá dizer que de determinada forma não teve um bom resultado.

Um primeiro ponto que deve ser considerado pelo novo anunciante em uma Network é se ele realmente conhece o mercado de afiliados e marketing digital, já possui uma sólida experiência nesta área (alguns anos)? Caso não tenha experiência e não queira começar como afiliado é possível, porém é importante que tenha consciência de que irá precisar de mais ajuda da Network para compreender como este mercado funciona, quais são as melhores estratégias, etc.

Planejando a Oferta ANTES de Começar…

Algo que acontece com certa frequência é novos anunciantes iniciarem uma oferta por ver diversas ofertas semelhantes nas Networks, mas será que estas outras ofertas são realmente rentáveis? Reparou se o dono de cada uma destas ofertas já possui uma segunda oferta no mesmo nicho? Em alguns casos a resposta e não, a oferta não foi rentável e o produtor não lançou uma segunda oferta no mesmo nicho, isto porque ele na verdade perdeu dinheiro por estar trabalhando da forma errada.

Apenas criar a oferta não basta para que ela realmente traga uma boa performance na rede de afiliados em que estiver trabalhando, para que isso aconteça é preciso que sua oferta atenda ao máximo possível deste pontos a seguir:

  • O nicho precisa ter demanda (há pessoas procurando pelo que pretende oferecer?)
  • Suas páginas de vendas precisam ter uma boa taxa de conversão.
  • Sua oferta precisa ser lucrativa para os afiliados.
  • Seu funil de vendas deve possuir outros produtos (explico mais adiante)

Existem outros fatores que são importantes também, mas com apenas estes fatores já será possível ter uma boa oferta que te trará bons resultados Agora vamos ver cada um destes pontos, entender porque são importantes e como os implementar em sua oferta para que com isso você maximize seus lucros.

Há Procura pela Oferta? Se não Há como Criar esta demanda de Mercado?

Este é sempre o primeiro passo a ser dado quando pensamos em criar uma nova oferta, não importa qual seja o produto ou mesmo o nicho. Devemos antes de qualquer coisa verificar se existe uma boa quantidade de pessoas que precisam da solução que será oferecida pela oferta, afinal sem isso fica praticamente impossível fazer a oferta funcionar.

Mas não se preocupe, em muitos casos as pessoas ainda não estão buscando especificamente pela solução que você pretende oferecer, mas possuem o problema ao qual seu produto soluciona, se há isto já terá como começar a trabalhar em sua oferta sem maiores problemas. Neste caso a única coisa que terá que ter certo cuidado é em fazer com que suas páginas de venda deixem claro que o seu produto resolve o problema em questão, se for alguma forma nova de solucionar o problema talvez encontre alguma resistência inicialmente mas é apenas uma questão de tempo.

Talvez não exista ainda uma demanda específica para seu produto, neste caso terá que investir um pouco mais de dinheiro em campanhas de Native Ads para gerar a demanda, um bom caso disso foram os produtos Detox, que praticamente criaram esta moda de detox, assim que estes produtos entraram no mercado a demanda começou a crescer como mágica, porém a verdadeira mágica era o investimento em campanhas bastante amplas para gerar a curiosidade sobre o assunto, fazer com que o tema “detox” ganhasse popularidade, após este ponto o próximo search aumenta e as vendas começam a ser diárias e em boa quantidade.

Até este momento falamos apenas sobre a questão de existir ou não uma boa quantidade de pessoas interessadas em comprar seu produto e em atrair elas para seus sites, mas de nada adianta atrair um grande volume de pessoas e não gerar vendas. É justamente sobre isso que falarei no próximo tópico deste artigo, como gerar vendas em suas páginas.

Suas Páginas possuem uma Boa Taxa de Conversão?

Quando trabalhamos como afiliados nosso alcance na otimização termina quando chegamos na página de vendas do anunciante, mas quando se cria uma oferta a responsabilidade pela otimização de suas páginas de vendas é inteiramente sua, quanto melhor otimizar mais dinheiro irá ganhar por basicamente 2 fatores:

  • Terá um ROI maior pelo fato de fazer mais vendas com um mesmo investimento.
  • Terá uma maior retenção de afiliados (os afiliados ficam nas ofertas que geram mais lucro).

Se nunca trabalhou como afiliado talvez isso não esteja muito claro para você, mas afiliados tendem a trabalhar com diversas ofertas simultaneamente e vão descartando as ofertas que geram menores lucros (mesmo os afiliados especializados em SEO). Este é um processo normal, afinal porque alguém vai continuar indicando uma oferta se com o mesmo investimento financeiro e de tempo pode ganhar mais com outra oferta?

O seu trabalho como anunciante é justamente oferecer aos afiliados uma oferta com uma boa taxa de conversão, assim possibilitando que eles tenham como criar campanhas de alta performance e escalabilidade mantendo uma boa margem de lucros. Para o afiliado geralmente o que mais importa é o ROI, afiliados buscam o maior ROI possível, o anunciante deve buscar a escala, quanto maior a escalabilidade melhor, mesmo que tenha um ROI menor estará ganhando mais devido ao grande volume de vendas.

Atualmente no Brasil ainda há um foco muito grande no marketing de CPA para as ofertas voltadas para os suplementos alimentares, em especial para os emagrecedores, suplementos para ganho de massa muscular e performance masculina (adulto). Porém existem muitas outras oportunidades que ainda não estão sendo aproveitadas no Brasil, o marketing de performance pode ser aplicado a praticamente qualquer tipo de negócio, desde fazer a captação de leads para uma escola particular até instalação de aplicativos ou mesmo captação de clientes para lojas off-line.

Sabendo disso é importante pensar em quais são as outras formas de trabalhar suas campanhas que são possíveis e você talvez ainda não tenha pensado. Por exemplo, digamos que sua campanha não está tendo uma boa performance em modelo de CPA e com isso os afiliados não estão aderindo. Que tal fazer uma oferta semelhante mas para geração de leads? Isso poderia fazer com que seus afiliados passassem a ter melhores resultados ou ainda melhor, oferecer uma campanha em CPL com upsell para o afiliado no CPA!

Tudo isso deve ser testado constantemente, lembre-se sempre de que quanto melhor estiver a performance de sua oferta por mais tempo ela irá durar gerando altos ganhos para você e para seus afiliados! Inclusive este é um ponto importante a saber, como regra geral lembre-se de que:

“O afiliado ganha mais que o anunciante em cada venda, o verdadeiro ganho do anunciante está na escalabilidade da oferta”

A Oferta Escolhe os Afiliados!

Esta frase pode parecer estranha a princípio mas logo vai entender o que estou dizendo. Normalmente vemos os afiliados entrando nas Networks e escolhendo as ofertas com as quais irão trabalhar, porém o tipo de oferta e suas regras, meios de monetização, etc. farão com que determinados tipos de afiliados se interessem pela ofertas enquanto outros tipos de afiliados já a descartarão, e isso é muito bom se souber o que está buscado.

Afiliados iniciantes geralmente não costumam ser atraídos por ofertas que tenham muitas regras, que não permitam trademark, que priorizem o media buyer (os afiliados de SEO também não gostam, mas isso é assunto para outro artigo). Se o que busca para sua oferta são compradores de tráfego é importante manter essas regras, por outro lado se sua página de vendas já possui uma boa reputação e taxa de conversão alta talvez seja interessante ter um exército de afiliados menores.

Se já possui um SEO bem trabalhado para sua oferta é interessante priorizar a compra de tráfego, por outro lado se não há quase nada bem ranqueado no Google para sua oferta o que você precisa é ter afiliados experientes em SEO para fazer isso por você, então neste caso deve priorizar um bom trabalho de SEO para sua oferta.

Como pode ver existem diversos fatores que irão atrair ou não os afiliados para sua oferta e não apenas o valor oferecido no payout, afinal antes ter uma campanha com payout menor com um excelente ROI do que uma oferta com o maior payout da rede com ROI negativo.

Antes de lançar sua oferta lembre-se sempre de pensar nestas variáveis e conversar com os gestores da Network para avaliar qual a melhor forma de lançar sua oferta na Network para que todos tenham os melhores resultados.

Tenha um Funil de Vendas Profundo!

Este é mais um ponto importante em que muitos anunciantes não pensam antes de lançar sua oferta, em o que mais terá em seu funil de vendas. Nas ofertas brasileiras geralmente encontramos apenas um produto e nada além disso, isso é um grande erro, afinal está deixando de ganhar um bom dinheiro e também está deixando seus afiliados com menos comissões.

Trabalhar o upsell, downsell e também o cross-sell são práticas essenciais para que tenha bons ganhos, quanto melhor dominar todas estas técnicas melhores serão seus resultados. Para as duas primeiras opções estará ainda trabalhando na mesma oferta, já na terceira opção estará enviando o comprador (ou a pessoa que não comprou) para uma nova oferta, assim talvez gerando uma nova venda com um lead que já foi pago, ou seja esta nova venda possui um custo muito menos do que a inicial.

Uma vez que um lead foi gerado (seja captura de e-mail ou tag de remarketing) você pode e deve estar monetizando isto por alguns meses, talvez esteja ainda tendo ganhos com este lead nos próximos 6 meses e não apenas no momento da primeira conversão. Se você não está monetizando sua base de leads está com certeza deixando de ganhar um bom dinheiro.

Assim como os afiliados os anunciantes no Brasil ainda tem muito o que evoluir em suas ofertas, há muitos testes a serem feitos, muitas estratégias a serem implementadas que já são rotina em outros países e aqui ainda não usamos. Isso na verdade é muito bom, quer dizer que temos muito o que crescer nos próximos anos!

Vinicius Horta
Vinicius Horta
Empreendedor digital a 6 anos e gerente de conteúdo na C2 CPA Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *