Menu

As 5 principais Razões que uma Campanha de CPA Não dá Certo [e 5 Soluções Testadas]

native-ads
Como Fazer Campanhas de CPA com Native Ads?
junho 15, 2016
awc berlin 2016
C2 CPA Network presente no AWE Berlin em 2016
julho 7, 2016
Show all

As 5 principais Razões que uma Campanha de CPA Não dá Certo [e 5 Soluções Testadas]

top-5

Campanhas de CPA geralmente possuem páginas de venda já otimizadas para conversão, são feitos inúmeros testes para se chegar a uma taxa de conversão que possibilite um ROI positivo para os afiliados, assim tornando a campanha viável tanto para quem opta por estratégias baseadas em SEO como também para quem prefere o Media Buy. Mas mesmo estas campanhas sendo bem otimizadas e havendo afiliados mantendo lucros consistente por meses (ou mais de ano) com uma mesma campanha pode acontecer de a sua campanha não dar certo, veja aqui quais são as 5 principais razões para que isso não aconteça com você.

Aqui você verá quais são as 5 principais razões que podem fazer com que sua campanha não funcione, mas vale lembrar que estes não são os únicos motivos e também que muitas vezes o que está prejudicando sua campanha é uma “soma” destes fatores, que acaba tornando sua campanha inviável. Com isso em mente daqui em diante não pare uma campanha de imediato, tente otimizar ela até chegar ao ROI positivo (mesmo que para isso tenha que “empatar” por algum tempo).

A maior parte dos pontos aqui citados são tomados por base uma campanha em Media Buy, porém também se aplicam a SEO, afinal quem trabalha sério com este tipo de otimização sabe que há custos (altos em alguns casos) e encontrará correspondências entre estes 5 motivos e suas próprias campanhas de SEO para CPA que por algum motivo não estejam funcionando. Veja então a seguir cada um dos motivos porque suas campanhas de CPA não dão certo e dicas de como solucionar cada um destes erros.

  1. Muitos Targets para Pouca Verba

Vamos tomar como base uma campanha em Adwords (ou Bing), em que terá que alocar um CPA por cada keyword selecionada (cada uma é um target), com isso em mente imagine colocar 1.000 keywords em sua campanha, logo já sabemos que o valor gasto por dia nesta campanha será alto. Vamos a uma conta rápida (e conservadora) com 1.000 targets em que cada um traz APENAS 50 cliques por dia e em que você é um ninja do Adwords e paga só R$ 0,20 por clique.

50 x 0,20 = 10,00

10,00 x 1000 = R$ 10.000/dia em Adwords

Fica fácil notar que isso rapidamente se tornaria um problema, em muitos casos até mesmo tendo um ROI positivo talvez você teria que parar a campanha por falta de caixa, afinal em 1 semana o investimento seria de R$ 70.000.

Solução: Trabalhe com poucos targets por vez, adicione inicialmente no máximo 20, os acompanhe por algum tempo e delete os que não convertem, apenas após deletar o que não converte é que deverá adicionar mais (para buscar escalabilidade), mas ainda assim adicione pouco por vez, algo como de 20 em 20. Veja em números como fica isso tendo 20 targets:

50 x 0,20 = 10,00

10,00 x 20 = R$ 200/dia em Adwords

Este já é um valor muito mais próximo da realidade de quem está começando, mas claro que deve adequar a quantidade de targets com suas possibilidades financeiras e ir escalando aos poucos até ter condição de rodar grandes campanhas.

  1. Rodar Correspondência Ampla no Search

Muitas vezes ao rodar uma campanha em search com correspondência ampla você acaba tendo seus anúncios exibidos (e clicados) em buscas que na verdade não são feitas por pessoas que estão na intenção de comprar (ou que estão muito inclinadas a não comprar). Imagine que você está rodando uma campanha para Goji, e que uma de suas keywords seja propriamente Goji.

A princípio você que aparecer para quem buscar por goji, mas em correspondência ampla acabará aparecendo também para quem buscar por (loja que vende goji na Vila Madalena), o que não é interessante para você, afinal esta pessoa está buscando por uma loja física em seu bairro. Se optar por correspondência exata irá aparecer apenas para buscas exatas de suas keywords. Se sua keyword for goji berry e a pessoa buscar por apenas goji seu anúncio não será exibido para essa pessoa.

Para trabalhar ainda melhor sua campanha após estar rodando alguns dias a campanha vale a pena dar uma conferida para quais termos de busca seus anúncios estão sendo exibidos e marcar como palavras-chave negativas todas as buscas que não sejam interessantes para você e que estejam resultando em uma boa quantidade de impressões.

Mas se são apenas impressões e pago por cliques no que isso me atrapalha?

Isso atrapalha porque irá baixar o CTR de seu anúncio, consequentemente acabará prejudicando o índice de qualidade de sua campanha e resultará em cliques mais caros e uma maior dificuldade de estar bem posicionado. Com um baixo índice de qualidade ficará muito caro se manter bem posicionado e seu ROI pode acabar ficando negativo.

Para trabalhar suas campanhas mantendo o índice de qualidade o mais alto possível também recomendo que trabalhe com landing pages exclusivas para suas keywords, desta forma haverá uma maior correspondência entre a keyword e o assunto exato da página. Por exemplo se vai trabalhar a keyword “queda de cabelo” o ideal é que tenha uma landing page que fale sobre “queda de cabelo”, já na mesma campanha talvez tenha também a keyword “tratamento para queda de cabelo”, então deve ter uma landing page com um ângulo específico em “tratamento para queda de cabelo”. Isso melhora a experiência do usuário em suas páginas e consequentemente seu índice de qualidade no Adwords.

Solução: Seja específico e consistente desde a keyword escolhida, o anúncio até sua landing page, com isso irá melhorar a experiência do usuário e suas métricas no Adwords.

  1. Trabalhar com Apenas 1 Landing Page

Mesmo que todo o setup de sua campanha esteja correto no Adwords, Bing, etc., talvez ainda assim sua campanha não está funcionando, este é outro cenário possível e o problema pode estar no fato de você estar utilizando uma landing page não otimizada (ou otimizada para outra segmentação). Embora seja frequente se ver textos indicando que se faça testes com diversas landing pages na prática o que se vê são apenas alguns afiliados de fato fazendo estes testes.

Uma boa parte dos afiliados acaba utilizando apenas uma landing page simplesmente porque confiou no trabalho de outro afiliado maior (fez sua landing muito semelhante em estrutura). Isso até poderia funcionar se você tivesse certeza de que aquela é a LP vencedora nos testes e também se você souber qual a segmentação para a qual a landing page está sendo trabalhada, sem saber estes 2 pontos o melhor é fazer a sua landing page do zero.

Um fator decisivo no momento de fazer suas landing pages (ou advertoriais) é explorar ângulos diferentes para abordar um mesmo assunto, afinal cada produto é indicado para solucionar um problema, porém cada pessoa quer solucionar este problema por um outro motivo, por exemplo, vamos ter como base o produto OptiMemory, alguns ângulos possíveis seriam:

  • Melhorar a performance para provas
  • Melhorar a performance para concursos
  • Melhorar a performance para ser promovido no emprego
  • Melhorar a performance ter mais memória (combater os “esquecimentos”)

Note que todos os ângulos casam perfeitamente com o produto, porém dependendo da segmentação escolhida pode ser um fiasco completo, por exemplo, explorar uma melhora na memória seria ótimo segmentando para a 3ª idade, já para esta mesma segmentação abordar a performance para provas e vestibulares não faz tanto sentido.

Solução: SEMPRE comece suas campanhas com no mínimo 5 diferentes landing pages, desta forma terá como saber qual o melhor ângulo e posteriormente trabalhar variações de landing pages para este ângulo da campanha. Para saber mais como fazer esta otimização leia o artigo do link abaixo:

Melhore a Otimização de Suas Campanhas como os PROS!

  1. Não Analisar Todas as Métricas

Um erro frequente é avaliar apenas o quanto se investe em publicidade e o quanto se ganha, que são as duas extremidades das métricas, fazendo isso apenas ara determinar o ROI de cada campanha. Isto funciona apenas para avaliar se a campanha está ou não dando lucro, porém caso ainda não esteja não irá lhe indicar exatamente onde está o problema da campanha.

Nas métricas você sempre terá uma visão clara e inequívoca de onde está o ponto a ser melhorado, números mostrados em suas métricas indicam o desempenho da campanha em cada um dos estágios de sua campanha. Com um bom tracker como o CPV Lab você terá facilidade em avaliar todas as métricas diretamente no tracker, mas mesmo que você não o utilize é possível fazer este acompanhamento inserindo os dados em uma planilha.

Solução: Acompanhe todas as métricas, em especial a CTR dos anúncios (banners, links, etc.), a CTR de suas landing pages e a relação da CTR de anúncios + landing pages. [dica: quanto maior a consistência entre o anúncio e a LP melhor será sua CTR]. Também deve estar atento à taxa de conversão da página da oferta em relação a cada uma de suas landing pages, podem ocorrer diferenças grandes de acordo com o anúncio e com a landing page para uma mesma oferta.

Com isso terá condição de ir melhorando a performance de sua campanha, assim conquistando aumentos no ROI de 10%, 15%, etc. Quanto melhor otimizar suas campanhas com base nas métricas certamente melhores serão seus resultados.

  1. Não Conhecer os Recursos das Plataformas onde Anuncia

É frequente entrarmos em uma plataforma para comprar tráfego e estarmos ansiosos para colocar logo a campanha para rodar (para gerar lucro), com isso acabamos simplesmente fazendo um setup básico da companha, em que se resume a adicionar o link para a landing page, criar o anúncio e configurar o valor a ser pago (seja em CPM, CPC, etc). Com isso teremos a campanha no ar rápido, porém muita coisa foi deixada de lado, é exatamente esse o problema que pode “matar” sua campanha.

As plataformas já bastante conhecidas como Google Adwords, Bing Ads, Facebook Ads, etc já possuem recursos avançados de configurações possíveis para suas campanhas, quanto mais você conhecer estes recursos e os aplicar em suas campanhas melhores serão seus resultados porque sua campanha estará sempre buscando mais resultados com menores investimentos por campanha (o que lhe permite com um mesmo orçamento ter mais tráfego).

Solução: se dedicar ao estudo de uma plataforma por vez, estude a fundo todos os recursos que cada uma destas plataformas tem a oferecer, teste todos os recursos. Após realmente dominar as ferramentas de uma plataforma é que indico estudar a próxima a fundo. Após conhecer as principais plataformas poderá inclusive desenvolver campanhas com estratégias que utilizam recursos de mais de uma plataforma simultaneamente.

Existem outros fatores que podem estar atrapalhando a performance de sua campanha de CPA, os fatores na verdade são muitos, porém ao analisar cuidadosamente estes 5 pontos fundamentais além de já estar deixando sua campanha bem otimizada ainda acabará encontrando outros pontos que talvez sejam problemáticos (principalmente quando estiver avaliando as métricas). Coloquem em prática estas 5 dicas para suas campanhas e terá campanhas realmente bem otimizadas para conversão.

Vinicius Horta
Vinicius Horta
Empreendedor digital a 6 anos e gerente de conteúdo na C2 CPA Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *