Menu

Como Construir Anúncios Matadores para Campanhas de CPA?

Precisa Investir Muito Dinheiro para Fazer Marketing de CPA?
setembro 5, 2017
Devo Anunciar em Apenas uma Rede minhas Ofertas de CPA?
setembro 29, 2017
Show all

Como Construir Anúncios Matadores para Campanhas de CPA?

Para gerar uma boa quantidade de conversões em sua campanhas de CPA é fundamental ter uma boa quantidade de tráfego de qualidade, ou seja um tráfego que realmente esteja interessado no produto que pretende oferecer. Em linhas gerais podemos saber que uma pessoa está interessada em um produto quando a solução oferecida por este produto é exatamente o que esta pessoa precisa para resolver algum problema que ela tenha (chamamos este problema de dor da persona).

Sabendo disso já temos um primeiro elemento importante para a criação de anúncios de alta taxa de conversão, que é a segmentação adequada para pessoas que tenham uma maior probabilidade de ter o problema em questão. Por exemplo, não adianta nada segmentar um anúncio de seguro automotivo para pessoas que usam Uber, pelo simples fato de que a maior parte destas pessoas possivelmente não possuem mais um carro (ou talvez já estejam pensando em vender).

Outro fator importante é ANTES de tentar colocar sua oferta como a solução fazer com que a pessoa se lembre de que ela tem um determinado problema, afinal se a pessoa não estiver suficientemente incomodada com algo ela simplesmente não irá buscar por uma solução. Por exemplo, imagine uma pessoa que esteja acima do peso e convive com muitas pessoas também acima do peso, naturalmente ela talvez queira emagrecer, porém não há urgência.

Agora imagine esta mesma pessoa, mas ela é a única pessoa de sua família e trabalho que está acima do peso, todas as pessoas com as quais ela convive estão em seu peso ideal. Neste caso a sensação de urgência para esta pessoa será muito maior e há uma maior probabilidade de ela comprar algo para emagrecer.

O papel do anúncio é basicamente fazer 2 coisas:

  • Lembrar a pessoa de que ela tem um problema. (chamamos isso de “agitar a dor”)
  • Despertar sua curiosidade para a solução.

Tentar falar do produto da oferta logo no primeiro anuncio é um erro e geralmente além de sua CTR ser menor ainda terá uma conversão realmente muito baixa. Em um primeiro contato o ideal é falar do problema (para a pessoa se conectar com o anúncio) e despertar a curiosidade para que ela clique no seu anúncio, com isso a levando para dentro do seu funil de vendas.

Anúncios Excessivamente Apelativos Funcionam?

Aqui temos um ponto delicado porque a resposta é sim e não. Calma que vou explicar, sim porque de fato a CTR do anuncio aumenta muito, com isso você terá um grande fluxo de pessoas passando pelo seu funil de vendas. E não porque seu funil de vendas precisa ser realmente muito bom para gerar conversões através de um público que entrou em seu anúncio por mera curiosidade.

Geralmente anúncios excessivamente apelativos são utilizados por afiliados mais experientes, que já possuem páginas testadas com altas taxas de conversão, desta forma eles sabem o que esperar de suas páginas. Outro fator que facilita para quem vai trabalhar de uma forma mais apelativa é a utilização de ferramentas como o CPV Lab ou mesmo algum cloacker.

Uma vez que esteja trabalhando com uma estratégia mais agressiva você deve tentar converter na hora, a pessoa entrou em sua página movida pela curiosidade e acabará comprando por impulso, justamente por isso para anúncios excessivamente apelativos precisam de páginas de pré-venda também apelativas.

Vale lembrar que redes de anúncios como Google Adwords e Facebook Ads não permitem anúncios e páginas de destino apelativas, eles possuem regras bastante rígidas justamente para evitar este tipo de conteúdo sendo veiculado por eles. Se pretende trabalhar de forma mais agressiva terá que buscar por redes com regras menos rigorosas (geralmente redes que estão começando tendem a ser menos rigorosas com seus anunciantes).

Vale lembrar que embora estas plataformas não permitam estratégias mais agressivas de forma direta é possível trabalhar algo bastante apelativo fora destas redes e posteriormente trabalhar apenas o Remarketing dentro destas redes. Desta forma a pessoa já foi inicialmente impactada pela página anunciada na rede anterior, no remarketing estará apenas “lembrando” a pessoa de que ela ainda não comprou (geralmente a direcionando para o checkout ou mesmo para uma página menos apelativa).

Construindo uma Campanha Compliant!

Uma campanha chamada de compliant é uma campanha compatível com as regras de anúncios de uma determinada rede, por exemplo Google Adwords. Não apenas o seu anúncio terá que respeitar todas as regras da rede como também sua página de vendas, ocorrem casos inclusive de olharem até a página de checkout, portanto é possível dizer que para trabalhar com uma campanha compliant é preciso trabalhar com todo o funil compliant.

Para quem é o produtor há um obstáculo a menos para se trabalhar compliant, afinal ele tem a possibilidade de trabalhar com suas páginas de pré-venda dentro do domínio onde está sua página de vendas e checkout. Para o afiliado isso não é possível, mas não se preocupe pois há solução para isso, veja o que fazer a seguir.

O primeiro obstáculo a transpor é não ser punido por “site ponte”, que é quando você anuncia no domínio A com o único intuito de que a pessoa clique no seu link de afiliado e vá para o site B. Neste caso há 3 formas de solucionar:

E-mail Marketing: aqui o foco de suas páginas será sempre converter inicialmente o lead, e com ele você irá trabalhar sua ofertas. As redes de anúncios podem colocar suas regras até a conversão do lead, então a campanha por e-mails já poderá ser direcionada para outros domínios sem problema algum. Esta é inclusive uma excelente forma de se trabalhar com advertoriais mais agressivos com tráfego de qualidade.

Advertorial + Remarketing: para esta estratégia você irá trabalhar com uma página de pré-venda compliant (para que a rede de anúncios aceite sua página). Nesta página você estará utilizando um pixel de remarketing, então poderá rodar uma campanha para este mesmo público através do remarketing, esta segunda já será para a página de vendas do anunciante.

Obs.: para que esta técnica funcione você precisa ter uma campanha de remarketing consideravelmente agressiva (para garantir que a pessoa irá ver seu anúncio logo após sair de sua página de pré-venda. Em sua página de pré-venda a pessoa não deve ter links para outras páginas, a única ação possível deve ser cadastrar o e-mail, desta forma ou a pessoa entra em 2 de suas listas ou entra apenas na de remarketing. Fazendo isso irá garantir que a pessoa irá comprar através de seu cookie.

Pré-venda + Checkout: em alguns casos as redes de anúncios são implicantes quando se direciona para outro domínio em uma página de vendas, porém se ao clicar para comprar a pessoa for redirecionada diretamente para a página de checkout normalmente não há problemas. Neste caso o que você deve ter cuidado é para que a sua página tenha uma boa taxa de conversão, afinal a venda será feita pela sua página.

Destas 3 opções a que te dará maior liberdade para trabalhar e fazer testes com seus anúncios e páginas é certamente a terceira opção. Com ela você poderá trabalhar uma imensa variedade de anúncios e páginas de vendas já linkando diretamente para a página de checkout.

Mas o que eu faço se o produto não possui link de afiliado para a página de checkout?

Entre em contato com seu gerente de afiliados ou diretamente com o dono do produto e solicite que este link seja gerado, desta forma poderá anunciar com mais tranquilidade e sem o risco de ficar perdendo contas de anúncio.

Imagem + Headline são 90% do Anúncio!

Em anúncios de search e até mesmo de banners em Adwords não temos muitos recursos, porém a realidade e outra quando o assunto é criar um anúncio em Facebook Ads. A variedade de modalidades e tipos de anúncios é realmente grande e pode fazer com que você fique um pouco perdido no momento de criar seus primeiros anúncios.

É sempre importante que você faça testes até mesmo dos menores detalhes, mas o foco sempre será primeiro na imagem e logo após isso no título, isso acontece porque quando uma pessoa está rolando seu feed de notícias do Facebook antes de qualquer coisa você precisa atrair os olhos da pessoa para seu anúncio, e logo após isso despertar seu interesse, é aí que entra a headline.

Sempre que estiver pagando por impressão de seus anúncios você deve estar bastante atento para a CTR de seu anúncio, ou seja qual o percentual de pessoas que visualizam seu anúncio que efetivamente clicam nele. Quanto maior for a CTR melhor, maior estará sendo o aproveitamento do valor investido.

Por outro lado se estiver pagando por cliques, uma CTR muito alta talvez não seja tão bom quanto pode parecer a princípio, afinal neste caso a cada clique você está pagando, então é importante evitar cliques meramente curiosos. Em linhas gerais busque trabalhar pagando por impressão as campanhas mais apelativas (com CTR maior) e pagando por cliques campanhas mais compliant (CTR um pouco menor).

A segmentação também exerce uma grande influência no desempenho do seu anúncio, então o fato de um anúncio não estar apresentando um bom desempenho não quer dizer necessariamente que o erro está no anúncio, mas que ele está segmentado para o público errado. Vale a pena testar o anúncio para outra segmentação antes de o condenar.

Caso não conheça muito bem sua persona vale a pena antes de fazer qualquer segmentação trabalhar algum tempo com uma campanha bastante ampla, garantindo apenas que esteja direcionada para pessoas maiores de 18 anos e que estejam no Brasil. Para a conversão em si este não é o tipo ideal de campanha, porém servirá para você identificar qual é o público que se conecta com o anúncio e com o produto, uma vez que saiba isso basta fazer suas próximas campanhas já segmentadas para este público.

Vinicius Horta
Vinicius Horta
Empreendedor digital a 6 anos e gerente de conteúdo na C2 CPA Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *