Menu

O que é um Funil de Vendas e Como Utilizá-lo?

Afiliados Brasil – São Paulo – 28, 29 e 30 de Maio de 2015
abril 27, 2015
6 Passos Simples para Posicionar seu Blog no Google e Vender Mais
julho 1, 2015
Show all

O que é um Funil de Vendas e Como Utilizá-lo?

Para trabalhar com campanhas de Marketing CPA, a forma mais eficaz de gerar vendas é de fato anunciando através do Google Adwords ou outras boas redes PPC (Pay Per Click). Mas nem por isso você deve deixar de aplicar outras estratégias em suas campanhas de Marketing de Performance. Recentemente falamos sobre geração de tráfego orgânico e também sobre como gerar vendas de afiliado no Youtube, agora você verá o que é e como fazer um funil de vendas para suas campanhas.

Basicamente o funil de vendas é todo o “caminho” pelo qual seus clientes irão percorrer desde o primeiro contato com alguma publicidade sua até o momento final da venda. Neste “caminho” é natural que uma grande quantidade de pessoas entre no funil de vendas e que uma pequena parte de fato compre, por isso é importante a otimização. Desta forma você consegue aumentar sua taxa de conversão e consequentemente ganhar mais dinheiro com suas campanhas.

Um dos principais focos do funil de vendas está no e-mail marketing, é através dos e-mails que você irá gerar vendas em suas campanhas em Marketing CPA utilizando esta estratégia, que consiste basicamente em 3 passos simples:

  • Atrair Tráfego para uma página de captura de e-mails
  • Enviar e-mails de relacionamento
  • Enviar e-mails de venda

02

Você vai atrair, despertar o interesse pelo produto e finalmente vender, estes são os 3 passos, veja a seguir como executar cada um dos passos em suas campanhas para que tenha bons resultados.

Montando seu Funil de Vendas…

Aqui estão os passos necessários para cada uma das 3 etapas básicas de um Funil de Vendas, é importante que cada uma destas etapas seja feita com atenção e sempre tendo em mente qual é seu objetivo final, ou seja fazer a venda. Com base nisto muitas decisões serão tomadas em cada uma das etapas.

Que Tráfego Atrair para sua página de captura de e-mails?

Nesta etapa de seu funil de vendas você pode apostar em diversas fontes de tráfego diferentes. Google (resultados orgânicos), redes sociais, redes de PPC, etc. o que realmente importa é que pessoas atraídas por sua página de captura estejam com um problema que seu produto resolve. Portanto seu foco nesta etapa é no interesse das pessoas.

Para trabalhar com diferentes grupos de interesses uma boa opção é ter diversas páginas “alimentando” uma mesma lista de e-mails, desta forma você terá uma maior quantidade de cadastros por dia. Lembre-se de que quanto maior for a quantidade de cadastros por dia tanto maiores são suas chances de vender, sendo assim sempre se esforce para continuar “alimentando” sua listas de e-mails.

Dica: com base em minha experiência e inúmeros testes notamos que quando se oferece algum brinde tentador para que a pessoa se cadastre aumenta consideravelmente o número de cadastros, porém não necessariamente o número de vendas, pessoas que se cadastram sem estar em busca do brinde tendem a estar muito mais interessadas e consequentemente compram com maior facilidade.

Para páginas de Captura Anunciadas no Adwords e Facebook Ads

Isto que vou falar agora já era uma prática antiga no Adwords e recentemente também foi adotada pelo Facebook, portanto se pretende atrair tráfego para captura de e-mails através destas redes de PPC fique atento a esta dica para evitar problemas com sua conta, que em alguns casos pode até mesmo vir a ser suspensa.

A página NÃO pode ter apenas o formulário: o modelo mais comum de página de captura é simplesmente uma imagem de fundo e o formulário de captura, porém nestas redes o que é permitido é ter o formulário desde que se tenha conteúdo de boa qualidade juntamente, ou seja a captura de e-mail não pode ficar explicita como o único objetivo da página.

Enviar e-mails de Relacionamento

Sua lista de e-mails estará em um serviço de envio de e-mail marketing, também conhecido como autoresponder, desta forma de acordo as pessoas vão se cadastrando em sua lista já passam a receber de forma automática uma sequencia de e-mails programada por você. Esta etapa tem apenas 2 objetivos:

  • Familiarizar a pessoa com seus e-mails
  • Matar possíveis objeções da pessoa com relação ao produto

Escreva e-mails com informações relevantes e úteis, de preferencia sempre com algum link levando para algum texto seu de boa qualidade, com isso estará ganhando a confiança e também habituando as pessoas a clicar nos links de seus e-mails. Aqui já pode falar de forma sutil sobre o produto, mas com o foco em matar objeções frequentes que poderiam levar a pessoa a não comprar, como por exemplo:

  • Funciona mesmo?
  • Me disseram que esses produtos não funcionam…
  • E se eu não gostar?
  • E se não funcionar para mim?
  • Deve ser muito caro…

Cada produto poderá ter objeções específicas, as identifique e as elimine nos e-mails de relacionamento, que devem ser apenas 2 ou 3 e-mails, não mais do que isso. Uma vez feito o relacionamento é o momento de vender.

01

Criando o E-mail de Venda…

Para criar este tipo de e-mail não há muito mistério, na verdade todo o trabalho já foi feito nos e-mails anteriores, já falou sobre os benefícios do produto (de forma indireta), já matou possíveis objeções, agora é o momento de mostrar que há uma solução fácil, com todos os benefícios já citados nos e-mails anteriores.

O e-mail de vendas pode ser dividido em 3 passos simples para que aumente sua taxa de conversão:

Relembre os e-mails anteriores: rapidamente faça uma introdução no texto do e-mail relembrando dos assuntos dos e-mails anteriores (principalmente dos problemas abordados).

Apresente a solução: após lembrar a pessoa de que ela está em busca de uma solução para estes problemas apresente a solução, no caso o produto que pretende vender.

CTA (Call to Action): faça uma chamada para a ação, isto deve ser feito de forma assertiva e direta, algo como “clique no link agora e aproveite.”

Vinicius Horta
Vinicius Horta
Empreendedor digital a 6 anos e gerente de conteúdo na C2 CPA Network.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *