Menu

Vença os Bloqueadores de Publicidade em Campanhas em CPA para Blogs

Estratégias para Campanhas de Games em Marketing de CPA
dezembro 17, 2015
O que São e Como Trabalhar com Ofertas de Tráfego Incentivado?
dezembro 17, 2015

Vença os Bloqueadores de Publicidade em Campanhas em CPA para Blogs

Muitos afiliados da C2 CPA Network que estão começando agora suas primeiras campanhas em CPA na verdade já são afiliados a algum tempo, uma boa parte destes já possui blogs de diversos nichos com tráfego orgânico (SEO) em seus blogs, porém estão com dificuldade de fazer com que este tráfego realmente gere conversões. Se este é seu problema leia com atenção este artigo pois aprenderá como direcionar o tráfego de seus projetos dentro de seu funil de vendas no Blog.

A maior dificuldade surge geralmente porque quando começou o blog ainda não tinha bons conhecimentos sobre SEO (Search Engine Optimization), assim tendo um tráfego fragmentado e espalhado de forma praticamente aleatória entre seus conteúdos. Ou seja o blog possui um bom volume de visitas mas distribuído de uma forma pouco interessante para quem está trabalhando em campanhas de Marketing CPA.

Geralmente a primeira coisa que se pensa é em simplesmente fazer um redirecionamento dos artigos para os artigos que realmente sejam voltados para as campanhas que estiver trabalhando. Isto seria uma boa opção, porém não há como prever exatamente qual artigo irá trazer um bom resultado sendo redirecionado para um artigo de conversão em uma campanha de CPA, com isso poderá simplesmente estar aumentando sua taxa de rejeição pelo fato de seus leitores não permanecerem na página ao notarem que foram enganados por um redirecionamento.

O melhor marketing é aquele que as pessoas escolhem prestar atenção

— Seth Godin

O segredo para solucionar este problema está na frase acima de Seth Godin, que consiste em dar a opção da pessoa escolher ir para determinadas páginas (ou Advertoriais) em seu blog. Desta forma além de as próprias pessoas escolherem a campanha que mais as atrai ainda estará aumentando a navegação interna do blog, o que contribui para uma diminuição na taxa de rejeição e consequentemente ajuda a posicionar melhor seus conteúdos nos resultados orgânicos do Google.

Mas as pessoas estarem espalhadas no blog de forma aleatória ainda não é todo seu problema, afinal você poderia distribuir banners de forma aleatória e em tese seu problema estaria resolvido. Porém há um outro desafio a ser vencido, que são os bloqueadores de publicidade, quem os usa simplesmente não iria nem mesmo ver seus banners. Considerando que em marketing de CPA muitas vendas são feitas na famosa “compra por impulso” já se pode imaginar que pessoas que nem querem ver uma publicidade são pessoas propensas a comprar por impulso e evitam isso com bloqueadores de publicidade, veja a seguir como solucionar ambos os problemas de forma simples e prática.

Vencendo os Bloqueadores de Publicidade no Blog!

Os bloqueadores de publicidades são programados para não exibir determinados padrões de códigos nas páginas, em especial scripts sabidamente de publicidade como anúncios do Google Adsense e também alguns scripts de plugins que “injetam” conteúdos dentro das páginas dos sites, tais como plugins de rotação de banners, injetores de banners, etc.

Os bloqueadores de publicidade também costumam ser programados de forma a bloquear imagens (e iframes, divs, etc) que tenham tamanhos exatamente iguais aos tamanhos mais utilizados de banners de publicidade, que são:

  • 728 x 90
  • 468 x 60
  • 336 x 280
  • 300 x 250
  • 250 x 250
  • 125 x 125

Com base nestas informações já sabemos que a maneira mais simples de evitar ter as publicidades bloqueadas é utilizar o HTML diretamente na página ou utilizar php para executar uma função específica (muitos templates wordpress já possuem isso de forma nativa), utilizar links diretos e também evitar imagens que estejam dentro dos padrões mostrados acima, que são os padrões web de publicidade.

Tendo estes cuidados já terá superado um primeiro problema, que é ter suas publicidades sendo visualizadas por todas as pessoas que acessarem seus projetos online, porém ainda terá um segundo passo a ser dado com relação a tornar esta publicidade atrativa ao ponto em que as pessoas se sintam estimuladas a clicar, assim sendo direcionadas para as páginas que realmente trarão as conversões.

Vale lembrar que mesmo em blogs com muitos artigos publicados, como por exemplo blogs com 300, 400, 500 ou mais posts, diferente do que aconteceria com Adsense em que cada post era uma pequena fonte de renda (pequena mesmo, alguns centavos por dia), nos projetos voltados para campanhas de CPA as páginas que geram vendas são poucas, afinal você precisa ter apenas 1  (ou algumas para teste A/B) página para cada campanha, então digamos que esteja trabalhando com 5 campanhas, precisará algo em torno de 5 páginas.

E toda a estrutura de seu blog deve ser voltada a direcionar o tráfego para apenas estas 5 páginas, lembre-se sempre de imaginar seu blog como um grande funil de vendas, onde cada post é uma captação de um leitor, que deverá ser direcionado para as páginas de pré-venda e posteriormente para as páginas de oferta (páginas dos anunciantes através de seu link de afiliado da C2 CPA Network).

Agora que está claro para você o que deve ser feito com o tráfego de seu blog o que recomendo antes mesmo de continuar a leitura deste artigo é que faça um diagrama do fluxo de visitantes em seu site, assim mapeando quais são as principais páginas de entrada e para onde os leitores estão indo ATUALMENTE. Com isto feito faça um novo diagrama alterando apenas as páginas para onde seus leitores DEVEM ir, isso será importante para executar a próxima etapa, que é a criação de publicidades atrativas para os leitores.

Dica: com o Google Analytics é possível ver o mapa de fluxo dos visitantes em seu blog, isso ajudará bastante para que você monte este diagrama com maior facilidade e ainda que posteriormente possa conferir se sua estratégia está tendo bons resultados e quais páginas ainda precisam de cuidados por estarem perdendo leitores.

Criando Publicidades que Não Parecem Publicidades!

Um dos pontos a sempre ser considerado é que como estará enviando inicialmente seus leitores para uma página de pré-venda não é interessante que o “caminho” até esta página pareça com uma publicidade. O melhor é optar por algo que se pareça com conteúdo, que de fato é na página de vendas, para isso basta adicionar áreas com HTML indicando outros conteúdos (que são as páginas de pré-venda).

Para fazer isso existem basicamente 2 opções, uma é através de um plugin como o Related Posts Pro, que entre suas funcionalidades lhe permite adicionar manualmente cada um dos elementos dos artigos relacionados como título, URL, imagem, autor e data. Com isso você tem condição de criar uma área idêntica a qualquer área de artigos relacionados, porém com a vantagem de poder escolher cada um dos artigos a serem exibidos, que certamente serão seus artigos de campanhas de CPA.

Além deste plugin também é possível criar áreas com conteúdos relacionados manualmente através de HTML, que podem ser adicionados nos artigos tanto diretamente no meio do corpo do texto (como na imagem abaixo) como também é possível adicionar estes conteúdos em HTML ao final dos artigos e ainda na barra lateral.

relacionados

Note que neste exemplo da imagem a área com “artigos relacionados” possui imagens, porém é possível também fazer apenas com os títulos, ou em formatos diferentes. Uma vez que esteja trabalhando com HTML as possibilidades são realmente muitas na criação de qualquer tipo de conteúdo.

Para criar este tipo de estratégia não há necessidade de saber HTML, você pode utilizar o próprio editor de textos do wordpress para criar seu conteúdo, assim que ele ficar como você deseja basta clicar na aba do editor que dá acesso ao código, então copie este código e o cole onde desejar que o conteúdo seja exibido. Com isso poderá criar quantos conteúdos desejar e os adicionar em seus posts.

A única coisa que talvez você precisa saber é a criação de uma tag chamada div, e como aplicar css nesta div para que tenha condição de a posicionar com facilidade. A criação de uma div em HTML é extremamente simples, siga este exemplo abaixo:

<div>
Seu conteúdo
</div>

Agora para aplicar o css a esta div (de forma direta) basta fazer as seguintes alterações adicionando o style, que fica da seguinte forma:

<div style=””>
Seu conteúdo
</div>

Entre as aspas em style é que você irá adicionar o CSS desta div, que é para o posicionamento e também para delimitar o tamanho dela, ficando algo como:

<div style=”float:left; width:320px; height:200px; margin-right:10px;”>
Seu conteúdo
</div>

Veja o que controla cada um dos elementos:

  • Float: alinhamento (left ou right – esquerda ou direita)
  • Width (largura): em pixels (px)
  • Height (altura): em pixels (px)
  • Margin-right: margem direita em px
  • Margin-left: margem esquerda em px
  • Margin-top: margem superior em px
  • Margin-bottom: margem inferior em px

Existem muitos outros seletores que podem ser aplicados ao CSS desta div, para isso você pode fazer uma rápida busca sobre o tema e encontrará sites com todos os códigos de CSS. Uma dica especial é para caso pretenda customizar esta div o faça para que se integre visualmente bem ao seu template, seguindo mesmo estilo de layout e padrão de cores, isso ajuda a fazer com que não seja identificado pelo leitor como uma publicidade.

Esta estratégia também pode ser combinada com outras, por exemplo criar diferentes chamadas de acordo com os grupos de interesse, assim mostrando para cada público páginas de pré-venda que tenha maiores chances de converter, assim aumentando sua taxa de conversão por estar oferecendo produtos que realmente chamam a atenção de seus leitores.

Outra coisa importante a ser feita é o tracking dos links desde a chegada dos leitores nas páginas de pré-venda, desta forma saberá exatamente quanto cada uma das ofertas está convertendo. Com isso também terá como saber qual o desempenho de cada uma de suas chamadas (dos artigos relacionados), assim podendo melhorar as chamadas que não estejam com um bom desempenho.

O tracking de links é algo fundamental para o bom desempenho de suas campanhas em marketing de CPA, caso ainda não saiba fazer isso de forma profissional entre para a Academia de Performance, lá além de muitas outras coisas aprenderá o passo a passo de como fazer tracking de seus links, o que certamente vai trazer excelentes resultados para suas campanhas de CPA.

Vinicius Horta
Vinicius Horta
Empreendedor digital ha 8 anos e gerente de conteúdo na C2 CPA Network.